sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Entre as flores do jardim


Quando o trigo brotou e formou espigas, o joio também apareceu! Mat. 13:26

Na reflexão que lemos nesta última quinta-feira, do livro Meditações Diárias, o autor contava que num verão resolveu mudar as flores de seu jardim e plantou margaridas amarelas. Após semeá-las, ficou aguardando que nascessem. 
Todas as sementes nasceram e começaram a se desenvolver. Entretanto, numa extremidade do canteiro, uma planta começou a se desenvolver mais que todas as outras.
No tempo próprio, todas a plantinhas começara a produzir botões, de onde desabrochariam as flores. Todas não, quase todas, porque aquela última planta não produziu botões nem flores.
Ela cresceu muito e sem botões, até que o jardineiro escritor verificou que as folhas não tinham decididamente o formato das folhas das verdadeiras margaridas. As intrusas foram arrancadas.
Um dia, o Jardineiro Celestial vai ver quais são as suas verdadeiras flores e vai arrancar do  Seu Jardim, onde ficarão os salvos, o joio que não irá para o Jardim do Céu.

Sejamos flores no jardim do Senhor Jesus!

Fonte: William G. Johnson. Jesus, a preciosa graça. Meditações Diárias. CPB, Tatuí, SP, 2012.

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Pétalas

"Os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e os Seus ouvidos estão abertos ao seu clamor." Salmos 34:1

Durante um culto de oração, nesta semana, ouvi a leitura deste versículo e de uma narrativa feita por uma das autoras do livro  "Orações que sustentam" , Cybelle Bezerra Florencio, sobre uma cerimônia em que eram homenageadas as crianças mortas em 2011 na escola de Realengo, Rio de Janeiro.  No decorrer da homenagem, em meio à comoção geral, um helicóptero jogou pétalas de rosas.
A autora comenta:
"Para muitos naquela manhã, as pétalas de rosas soaram como um consolo.
A verdade é que Deus tem jogado toneladas de pétalas de amor e bênçãos sobre nossa cabeça, em momentos de dor e perda. Nós, porém, muitas vezes não as enxergamos ou as creditamos à pessoa errada. Mesmo sob duras provas, a nossa confiança não deve ser abalada, pois somos guiados por nosso Deus, que jamais falha." (Orações que sustentam. Ministério da Mulher, Div. Sul-americana da IASD,  CPB, Tatuí, SP, 2012)
Há muita tristeza neste mundo, mas ainda é possível viver aqui porque a graça de Deus está presente entre nós, nas belezas da natureza ainda existentes, na guia de Deus, nos sorrisos que ainda recebemos e damos, nos pequenos milagres de cada dia em nossa vida.
Sim, há pétalas de rosa que Deus envia para alegrar nossa vida.



quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Tempo para todo propósito

"Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu." Eclesiastes 3:1

O autor inspirado inicia o capítulo 3 de Eclesiastes com essa afirmação geral sobre a existência de um tempo para cada propósito.
Exemplifica a seguir, mostrando fatos que mudam no decorrer do tempo: tempo para nascer e tempo para morrer, tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou, tempo de matar e tempo de curar, tempo de derribar e tempo de edificar, tempo de chorar e tempo de rir, tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntar pedras ..., tempo de guerra e tempo de paz.
Quando se aproxima o último mês do ano, lembro que há um tempo para repousar após a jornada de cada ano, assim como repousamos também após a jornada de cada dia e após a jornada de cada semana.
Há assim um tempo de trabalhar e um tempo de repousar e recrear-se, um tempo de fazer e um tempo de refletir, um tempo de agitar-se e um tempo de calma, um tempo de movimento e um tempo de pausa.
Amo sonhar e preparar esse tempo de pausa a cada final de ciclo anual. Logo a jornada deste ano chegará a seu fim e cada um irá descansar dela, fazer o balanço do que se passou, do que foi ganho e do que foi perdido, daquilo em que houve crescimento e daquilo que estagnou, daquilo que devemos repetir e daquilo que deve cessar.
Enfim, aproxima-se o tempo do encerramento, tempo de reflexão, tempo de novos propósitos; há também um tempo determinado para encerrar-se a etapa de mais um ano.




sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Novas todas as coisas


E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis. Apocalipse 21:5

As palavras deste versículo nos fazem lembrar da esperança cristã num mundo renovado por Cristo, após a Segunda Vinda gloriosa.
As coisas que nos entristecem, como partidas, separações, morte, doença, ingratidão, não mais existirão. As limitações de tempo e espaço serão abolidas.
Cristo nos recriará à Sua imagem de Amor e restaurará a terra assolada pelo mal.
A Bíblia diz que Cristo na Sua Segunda Vinda ressuscitará os mortos justos, restaurará os justos vivos e levará Seus Filhos para habitar com Ele. (I Tess. 4:16 e 17)
Depois a terra também será renovada e nela os salvos serão felizes com seu Redentor.
Não mais morte, não mais dor, não mais aflições, nem dificuldades .
Esperando com ansiedade por esse dia, vamos viver essa esperança que nos motiva e traz  paz em meio aos problemas desta vida.