sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Graça na relação pais e filhos

"Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo." Efésios 5:21

Não posso deixar de compartilhar a reflexão do pastor William G. Johnson que li hoje pela manhã. Ele se refere à forma de criar e educar as crianças, que geralmente tem como princípio a recompensa e a punição.
Se as crianças veem nos pais a representação de Deus, verão sempre Deus como aquele que dá a cada um aquilo que merece. Aí não está presente a graça, que Deus nos estende. Ele não deixa de nos amar quando erramos e, de outro lado,  nossa obediência a Deus deve ser por amor. Assim deve ser a educação dos filhos pelos pais e a obediência dos filhos aos pais. Cristo deve ser o grande líder na família, a quem todos se submetem.
Diz Johnson em "Meditações Diárias, Jesus - a preciosa graça"( CPB, São Paulo, 2012): "A graça introduz uma abordagem nova e radical à família. Não precisamos mais ficar preocupados em mostrar quem é o chefe. Em vez de autoridade, a essência é o serviço. O objetivo é servir, não mandar; ajudar, não comandar; assegurar, não dominar. Somos seguidores dAquele que disse aos Seus discípulos: 'Não será assim entre vocês. Ao contrário, quem quiser tornar-se importante entre vocês deverá ser servo, e quem quiser ser o primeiro deverá ser escravo; como o Filho do homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a Sua vida em resgate por muitos'. (Mt 20:26-28)"
É um pensamento inovador a respeito da família, e com certeza o lar em que todos se submeterem a Cristo e não a um dominador humano será um lar  feliz.

3 comentários:

  1. Realmente Celina, essa meditação é maravilhosa.
    A graça de Deus nos constrange não é mesmo?
    Beijos... Cida.

    ResponderExcluir
  2. OI Celina essa parte aqui amei: Não precisamos mais ficar preocupados em mostrar quem é o chefe. Em vez de autoridade, a essência é o serviço. O objetivo é servir, não mandar; ajudar, não comandar; assegurar, não dominar.

    Valeu por partilhar

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Como a algum tempo que não fazia uma visita, hoje resolvi ver o que está a escrever.É o anseio da minha alma que Jesus seja consigo, e encaminhe seus passos pela vereda da justiça. E que Ele cresça na sua vida de maneira que seja visto pelas pessoas que rodeiam sua vida, que o amor de Jesus fortaleça sua vida, e seja como um rio transbordante. Também resolvi dizer-lhe que embora não te conheça mas em Cristo te amo, e continue a ser luz. Um abraço.

    ResponderExcluir