sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Mudança

"Por que você não leva a sério a sua mudança de rumo?" Jeremias 2:36

Durante todo o ano li as reflexões da autora Cecília E. Nascimento em "Inspiração Juvenil - De olho no prêmio", livro que apresentou textos escritos a partir de recortes sobre o ano da Olimpíada no Brasil. Hoje, Cecília, que é esposa de um pastor, mencionou que muda muito de casa e que cada mudança é motivo para desapegar-se de muita coisa inútil que acumulou dentro de pouco tempo. 
Reparto com vocês alguns pensamentos desse texto:
"Existe o processo emocional de mudar, que envolve a aceitação de começar de novo e criar uma rotina em paisagens até então desconhecidas. (...) Contudo, há uma boa dose de trabalho físico também. É preciso colocar tudo em caixas. (...) É a oportunidade perfeita para abrir mão do desnecessário e ficar apenas com aquilo que de fato tem valor. (...)
Hoje é o penúltimo dia do ano. Você também está às vésperas de uma mudança. Pode ser que continue a morar na mesma casa de sempre, mas diante de você está um ano desconhecido, repleto de desafios e surpresas. Que tal aproveitar a chance para colocar sua vida em caixas? Não estou falando simplesmente em reorganizar a casa. O que proponho é que você tire proveito da inevitável mudança de ano para jogar fora tudo aquilo que o atrapalha de viver a vida que Deus sonha para você. Apegue-se apenas ao que tem verdadeiro valor para a eternidade. Já passou da hora de deixar de lado o egoísmo, o materialismo, a inveja, o descaso e a indiferença pelas coisas espirituais. (...)"
Compartilhando a reflexão, desejo a vocês um ótimo 2017, com bons projetos colocados em prática.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Os pastores

"E, vendo-o, divulgaram tudo o que lhes tinha sido dito a respeito deste menino. " Lucas 2:17

Os pastores cuidavam das ovelhas nas montanhas - por isso os estudiosos da Bíblia creem que na realidade Jesus nasceu no início do outono, e não no início do inverno na Palestina. Discussão sobre datas à parte, esses homens humildes e muito interessados no estudo das profecias sobre o Messias, após espantarem-se e maravilharem-se com os anjos, foram a Belém, viram o Menino e passaram a contar a todos que viam sobre o que tinham ouvido sobre Ele, nas vozes dos anjos e, com certeza, pelo que lhes relataram Maria e José.
Hoje cabe a  nós também, como os pastores, proclamarmos o Natal.
Façamos isto, lembrando a todos o verdadeiro sentido desta data festiva.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Em sinal de respeito



"Fiquem de pé na presença das pessoas idosas e as tratem com todo o respeito; e honrem a mim, o Deus de vocês. Eu sou o Senhor." Levítico 19:32
Compartilhei com meus alunos dos nonos anos o texto para reflexão sobre este versículo, da autora Cecília E. Nascimento, que escreveu um livro para inspirar os  jovens com textos sobre diversas olimpíadas. Ela se refere à cerimônia de abertura da olimpíada de 2012, em Londres, quando foi simulada a descida de paraquedas da rainha Elizabeth II no estádio olímpico:
"Quatro anos atrás, uma cena surpreendente marcou a abertura dos Jogos Olímpicos de Londres: a rainha Elizabeth II, aos 86 anos de idade e completando 60 anos de reinado, chegou ao estádio de paraquedas, acompanhada pelo lendário agente secreto James Bond. Realidade ou ficção? Um misto dos dois. O resultado foi uma recepção calorosa por todos os presentes no estádio, que em pé aplaudiram e ovacionaram a soberana inglesa.
Na verdade, foi a primeira vez que Elizabeth II concordou em participar de uma obra ficcional. Segundo a história dirigida pelo premiado diretor Danny Boyle, a rainha, que participou das filmagens, teria sido buscada no palácio pelo agente secreto 007 e escoltada de helicóptero até o estádio olímpico. Chegando lá, os dois teriam saltado de paraquedas. Nesse momento, o vídeo termina. Todos olham para cima e veem o helicóptero exatamente onde as imagens pararam. Em seguida, a soberana inglesa surge diante do público. É claro que o salto de paraquedas foi realizado por um dublê, mas toda a brincadeira foi um grande sucesso. Para recebê-la, todos se colocaram de pé.
Colocar-se de pé diante de alguém é sinal de respeito e um gesto de reconhecimento da autoridade da outra pessoa. Mas Levítico 19 diz que não precisamos esperar a chegada de uma rainha para agir assim. Todos os idosos merecem o mesmo respeito e deferência. Lembro-me de quando estudava no colégio militar. Sempre que um professor ou outra autoridade da escola entrava 
na sala de aula, todos nós, alunos, precisávamos ficar de pé. Assim, parávamos tudo o que estávamos fazendo para reconhecer a presença deles e, em silêncio, a aula tinha início.
O conselho bíblico de hoje vai muito além do gesto físico de ficar em pé. Talvez se levantar não faça muito sentido no contexto em que você vive, mas a demonstração de respeito é válida em todo e qualquer lugar. Ficar de pé na presença de um idoso significa dar atenção aos bons conselhos que eles sabem dar, ouvir com paciência suas histórias, ceder o lugar, adiantar-se para ajudar a atender suas necessidades.
Talvez você tenha o privilégio de conviver de perto com seus avós, bisavós ou vizinhos idosos. O versículo de hoje diz que, aos respeitá-los, você honra o próprio Deus. Não perca essa chance."

(NASCIMENTO, Cecília E. Inspiração Juvenil - De olho no prêmio. Tatuí, SP, 2015.)

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Lágrimas

"Pois o Cordeiro que se encontra no meio do trono os apascentará e os guiará para as fontes da água da vida. E Deus lhes enxugará dos olhos toda lágrima." Apocalipse 7:17

Na última semana, transcorreu o Dia da Consciência Negra, dia 20 de novembro. A propósito do dia, lemos na sala de aula o conto Olhos d'Água da escritora contemporânea brasileira, e negra, Conceição Evaristo. 
A narradora conta no texto que uma noite acordou se perguntando de que cor seriam os olhos de sua mãe. Ela não se lembrava. Então essa questão ficou tão inquietante que foi até sua terra natal e reviu sua mãe. Viu que seus olhos eram olhos d'água. No final do conto, a narradora nota que sua filha também perscruta os olhos da mãe, a própria narradora, e vê que eles são igualmente úmidos.
Os alunos ilustraram o texto com desenhos, que foram expostos num mural e quase todos desenharam olhos com lágrimas.
Esses olhos d'água não pertencem apenas à etnia negra, mas todos os seres humanos carregam em si o pranto causado pelo pecado, que trouxe tristeza e dor.
Lembro disso a propósito da tragédia de ontem, em que morreram, num desastre aéreo, quase todos os jogadores e dirigentes de um clube brasileiro, que se dirigia a uma partida numa final de campeonato arduamente disputado.
A Bíblia traz esta promessa do texto: no céu, não haverá sombra de tristeza e Deus enxugará dos olhos dos humanos toda a lágrima. Esperamos ansiosamente o cumprimento desta profecia.


domingo, 27 de novembro de 2016

Discípulos

"Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos." (João 8: 31)

Que significa ser discípulo de Jesus, perguntou o orador? Houve algumas respostas, como a lembrança do significado original de discípulo - aluno. Então foi apresentado o versículo acima.
Aquele que permanece ouvindo a palavra de Jesus, que está na Bíblia, é discípulo dEle. 
Outro texto, João 15:7, deu a continuação ao raciocínio: "Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito." Bela promessa: aquele que permanece em contato com as palavras do Senhor Jesus pode pedir em oração ao Pai aquilo de que necessitar e será atendido. Pois pedirá de acordo com a vontade de Deus.
O discípulo permanece, portanto, em contato com seu Mestre através de sua palavra e tem a promessa de ser atendido na sua oração.
Permaneçamos em contato com Jesus: vamos nos alimentar com a Palavra e falar com o Senhor através da oração.
 

sábado, 19 de novembro de 2016

De Lo-Debar para Jerusalém

"Morava Mefibosete em Jerusalém, porquanto comia sempre à mesa do rei. " II Samuel 9:13
  
Quando Davi se tornou rei de Israel, havia terminado a dinastia de Saul, cujo filho, Jônatas, também morto, tinha sido grande amigo do novo rei. Assumindo, Davi procurou saber se haveria alguém da casa de Saul vivo para que ele cumprisse o acordo que fizera com Jônatas, cuidando dessas pessoas da família do seu grande amigo. 
A informação que obteve foi a de que havia, sim, um descendente de Saul - Mefibosete, e que este era coxo.
Mefibosete havia caído dos braços da ama quando precisaram fugir e tinha uma sequela, sendo deficiente na sua locomoção. Estava morando em Lo-Debar, que significa Não-Pasto, lugar onde não nascia pasto e, portanto, numa sociedade agrícola, era um lugar sem prosperidade e vida.
Davi cumpriu a promessa e o trouxe para a corte e ele foi colocado à mesa do rei, junto com príncipes, princesa e com generais. Agora passou a morar em Jerusalém - Cidadela da Paz.
Nesta história Davi pode representar a ação de Deus, através de Sua Misericórdia , que nos resgata de um mundo sem futuro para a um dia estarmos na Cidade Celestial de paz.
Leia o capítulo 9 do livro de II Samuel e verá quantas lições num pequeno capítulo de 13 versículos - bondade, fidelidade, amizade e misericórdia.

 

sábado, 12 de novembro de 2016

Para nos guardar em vida

"O Senhor nos ordenou cumpríssemos todos estes estatutos e temêssemos o Senhor, nosso Deus, para o nosso perpétuo bem, para nos guardar em vida, como tem feito até hoje." Números 6:24

Quando estudávamos a Bíblia hoje pela manhã, foi-nos mostrada uma pergunta com duas opções:
Que promessa é dada por Deus?
(    ) A promessa de que não teremos problemas nesta vida.
(    ) A promessa de sermos bem sucedidos e preservados em vida.
A opção verdadeira é a segunda. 
Por certo passamos por muitos problemas mas cumprir os preceitos que a Palavra de Deus nos apresenta traz-nos bênçãos e acredito que todos nós cristãos, já fomos preservados vivos em alguns perigos pelos quais passamos, muitas vezes claramente por seguir os preceitos quanto à saúde, por exemplo.
Em outras ocasiões, nem sabemos os perigos pelos quais passamos, mas o anjo a nosso lado nos livra.
As palavras do versículo de Números 6 foram pronunciadas por Moisés, quando exortava o povo de Israel. Ainda são verdadeiras hoje. 
Os estatutos de Deus, incluindo os mandamentos e os conselhos bíblicos, trazem vida - abundante e feliz.
Resta a nós escolher segui-los.


sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Mês das crianças

"Por este menino orava eu, e o Senhor atendeu à minha petição." I Samuel 1:27
 Já no final do mês das crianças - outubro - um versículo sobre um menino da Bíblia e sobre sua mãe.

O livro de Samuel refere que Ana disse estas palavras ao sacerdote Eli, entregando-lhe o menino ainda muito jovem para servir no templo, conforme havia prometido ao orar por um filho, pois era estéril.  Posteriormente ela teve outros filhos e o menino Samuel transformou-se no profeta Samuel, que ungiu reis em Israel, conforme a ordem de Deus.
Ainda hoje mães oram a propósito dos filhos. Deus ouve essas petições e atende da melhor forma. Podemos confiar na oração. 
Mães, criem seus filhos nos caminhos do Senhor e orem por eles, para que permaneçam junto ao Pai e sejam felizes!


 

Bom nome



"Vale mais ter o bom nome que muitas riquezas;  e o ser estimado é melhor que riquezas e ouro." Provérbios 22:1


Há uma programação jovem na minha igreja que se repete mensalmente e se chama Count Down, nome que lembra a contagem regressiva para a eternidade. Numa dessas programações, o título era Count Down - Las Vegas, lembrando uma cidade aonde as pessoas vão em busca de riquezas através do jogo.
Naquela ocasião, um dos oradores lembrou um versículo bíblico que diz que o amor às riquezas é a origem de todos os males. Realmente quantos problemas podemos evitar se nos desapegarmos dos bens materiais e da cobiça por adquirir dinheiro além do necessário para nós.
Conheço uma pessoa que tem poucos bens mas tem uma casa que era constantemente assaltada. Ela achou uma solução. Tirou todos os móveis de casa e manteve apenas um colchão para dormir e algumas cobertas, já que trabalhava todos os dias fora de casa e só retornava para descansar. Após esta solução extrema, que não aconselho, porque o ideal é que tenhamos a segurança suficiente nas cidades, os assaltos cessaram. Essa é apenas uma ilustração, mas com certeza há muitas ações erradas motivadas pelo amor ao dinheiro e o apego aos bens materiais. E o desapego pode produzir a tranquilidade que as riquezas não dão.
Lembremos sempre que vale mais a paz, a tranquilidade, o descanso sem preocupação e que as consequências de um ato dificilmente são evitadas.

Por tudo isso, diz outro verso:

"Quão melhor é adquirir a sabedoria do que o ouro." Provérbios 16:16

 

sábado, 24 de setembro de 2016

Cristãos secretos


"Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus." Mateus 10:32

 Ouvi hoje do pregador desta manhã que há cristãos secretos, que não se revelam como seguidores de Jesus.
Na Bíblia encontramos a história de Jonas, que foi parar em um navio, com marinheiros não cristãos, mas que temiam ao Deus dos céus e do mar, e que ficaram paralisados ao verem um seguidor de Deus que se colocara numa situação de fuga de Deus, terminando por envolver-se e envolvê-los numa tempestade.
A história de Pedro, no seu início, foi uma narrativa de negação a Jesus, quando disse, durante o sofrimento e crufixão do Mestre, que não O conhecia.
Mas há também na Bíblia histórias de cristãos confessos, como José do Egito, Moisés, Jó, que adorou a Deus em meio ao sofrimento.
Os cristãos que fogem de Deus e que ocultam sua condição de cristãos não estão confessando a Jesus e incorrem no perigo de não serem confirmados cristãos por Cristo perante o trono de Deus. Mas os que se revelam verdadeiros seguidores de Jesus por certo serão apresentados por Ele perante o Pai.


domingo, 18 de setembro de 2016

Paz perfeita

"O Senhor dará uma paz perfeita a todos que confiam nele, aos que concentram seus pensamentos nele. Confiem para sempre no Senhor, porque no Senhor Deus vocês encontrarão força que nunca se acaba." Isaías 26:3,4

Tenho aqui em casa uma caixinha com muitas promessas bíblicas, que costumamos ler antes de orar  num culto familiar. Hoje lemos exatamente esta promessa, que se encontra no livro de Isaías.
Há alguns motivos para ficarmos perturbados e perdermos por momentos. Seja qual for o motivo da preocupação, vamos manter a confiança em Deus. Ele pode nos dar força e ânimo para enfrentar os problemas que aparecem no caminho.
Essa força é eterna, como diz o versículo, pode sempre nos acompanhar. 
Há paz perfeita para aqueles que confiam em Deus e mantêm seu pensamento nele, conversando com o Pai Celestial através da oração.


sábado, 3 de setembro de 2016

Aparecem as flores

"Aparecem as flores na terra, o tempo de cantar chega, e a voz da rola ouve-se em nossa terra." Cânticos 2:12

 
 É início do mês de setembro e logo iniciar-se-á a primavera. É uma época muito alegre porque a estação lembra flores, é o final do inverno que em algumas regiões do país é bastante rigoroso, e a estação lembra uma renovação, associada à volta das flores.
Nosso Deus, quando criou a terra, conforme o relato bíblico em Gênesis, criou o sol para iluminar os dias e criou também, como sabemos hoje, o movimento da terra em torno do sol, que é a causa das estações do ano.
Assim, esse ciclo das estações é também um presente de Deus para nós. Não temos hoje um Éden com flores eternas, mas temos o retorno das flores na primavera nos lugares com inverno rigoroso.
Aqui em Brasília temos estações pouco definida, havendo mesmo praticamente só duas estações bem delimitadas - a seca e a chuvosa. Estamos agora na estação seca, embora tenha havido algumas chuvas em agosto (outra bênção, porque havia água apenas para o abastecimento da cidade até dezembro no reservatório).  Assim, como nosso inverno não é muito frio, temos flores também nessa época. 
Em nossa casa, não sei se porque estamos em setembro, um vasinho com violetas, que já encontrei aqui e que estava para florescer quando cheguei no imóvel e naquela época sofreu algum abalo, pois os botões secaram, agora está com vários botões e uma florzinha abrindo. Descobri agora que as violetas são brancas, porque é a primeira flor que abre. Fiquei alegre com isso.
Da mesma forma nosso Deus se alegra conosco quando florescem coisas boas em nossa vida. É a época de louvarmos, assim como os pássaros cantam nas manhãs de primavera.





 

sábado, 27 de agosto de 2016

Tudo novo

"E aquele que está assentado no trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E acrescentou: Escreve, porque estas palavras são fiéis e verdadeiras. " Apocalipse 21:5




Comentando sobre as duas fases das Olimpíadas, na Grécia e nos dias atuais, a autora do livro de reflexões diãrias menciona que um dia a terra, que está prejudicada pela mancha do pecado, será restaurada um dia.
A Bíblia nos traz a promessa de um dia vivermos numa terra renovada em perfeita amor e paz e em comunhão com nosso Deus.
A promessa inclui uma viagem ao céu com nosso Redentor na sua segunda vinda.
Tudo isso é tão maravilhoso que faz exultar de alegria as pessoas que recebem estas novas, como esta irmã e estas crianças de Moçambique  
que cantam sobre o céu - em português e em dialeto africano.


 

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Coisa nova

"Eis que faço uma coisa nova, agora sairá a luz, não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão; os chacais e os avestruzes. Porque porei um caminho no deserto e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Porque derramarei água sobre o sedento, e rios sobre a terra seca; derramarei o meu Espírito sobre a tua posteridade e a minha bênção sobre os teus descendentes. E brotarão como a erva, como salgueiros junto aos rios de águas." Isaías 43: 19 e 20, Isaías 44:3 e 4

Essa leitura fez ontem o pastor de minha igreja, após ouvirmos o testemunho de aproximadamente vinte missionários que estiveram na África, em Moçambique, nos meses de julho e agosto, proclamando a Palavra de Deus ao povo, que atendeu ao apelo, vindo trezentos e uma pessoas a batizar-se.
A cada missionário o pastor perguntou o que havia levado e o que havia trazido da África. Todos tinham uma experiência nova na volta. Haviam levado Bíblias, algumas contribuições para as igrejas, voltaram com uma nova motivação espiritual. Houve o caso de uma mãe que perdeu um filho adolescente no ano passado - disse que levou um coração angustiado e trouxe paz, por certo por ter levado Jesus aos outros, apressando a grande promessa da volta do Senhor.
Ouvimos o hino religioso em dialeto africano que cantavam nas reuniões, pois embora o português seja a língua oficial, algumas pessoas somente se comunicam em dialeto - e há tradutores para atendê-las. Esse hino, cantado no culto pelos missionários, vestidos em roupas típicas africanas, lembra o céu, dizendo quanto é lindo e que lá comeremos da árvore da vida.
Um dos missionários ainda cantou um belo hino, que nos diz que todos os homens somos iguais e do dever que temos para com todos, como irmãos.
Ao final, um apelo foi estendido a todos, para que refletíssemos se também queremos algo de novo em nossa vida com a presença do Espírito a nos usar no amor ao próximo.











Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
Isaías 43:19,20

sábado, 20 de agosto de 2016

O Rei dos reis

"(...) vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as abas de suas vestes enchiam o templo. Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas: com duas cobria o rosto, com duas cobria os seus pés e com duas voava. E clamavam uns para os outros, dizendo: Santo, santo, santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória." Isaías 6: 1 a 3

No livro do profeta Isaías, está descrita esta visão do trono de Deus, semelhante à visão que teve o profeta João na ilha de Patmos, relatada em Apocalipse 14.
Isaías descreve o Senhor num trono muito alto, mas tendo as vestes tocando o seu templo e ao mesmo tempo o enchendo de glória.
O templo, onde adoramos o Senhor é Sua casa e ali podemos estar com Ele. Deus é infinitamente mais elevado que o ser humano e no entanto habita conosco. Tenhamos esta consciência ao adorarmos. 
Os anjos prestam adoração contínua perante o Trono de Deus, pois têm presente sempre essa Grandeza. Se pudéssemos presenciar essa visão, como nos sentiríamos menores! Isaías exclamou: "Estou perdido! Porque sou homem de lábios impuros, habito no meio de um povo de impuros lábios, e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos!" Mas eis que um anjo o tocou com uma brasa do altar e o declarou sem iniquidade e perdoado.
Essa é a grandeza de Deus para a qual nos chamou atenção o pregador de hoje. Embora infinito, tem cuidado imenso com cada um dos seus filhos. Assim como atendeu à necessidade de Isaías, que se sentia muito pequeno, atende a cada um em suas necessidades, físicas, psicológicas, sociais. 
O pregador nos explicou que essas duas qualidades presentes na natureza de Deus são a transcendência - Deus está muito além de nossa realidade -  e a imanência de Deus - Ele está presente em nossa vida e esteve conosco neste planeta através de Seu Filho Jesus Cristo.
Devemos considerar a Grandeza de Deus em estar tratando de forma especial a nós insignificantes seres humanos. Em consequência disso, nossas ações devem traduzir amor para com os homens nossos irmãos. Entre nós, não existe diferença. Somos todos pecadores, e apenas o amor deve nos unir.

sábado, 13 de agosto de 2016

Pais sem ansiedade

"Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?" Mateus 6:26
É bom que nos tornemos como as aves do céu, como os seres da natureza que não se preocupam, que não acumulam ansiedades, que desfrutam tranquilamente do descanso e do alimento que recebem.
Os seres humanos podem também descansar neste amor, que envolve a todos no mesmo abraço.
Os pais humanos deixam de preocupar-se com o dia de amanhã, no fim de um dia em que cumpriram penosamente com sua parte, quando sabem que nos braços do Senhor todos estão confortados, em paz, sem ansiedade.
Nosso Pai Celestial é o Mestre que multiplicou o pouco e dividiu para multidões. É Aquele que sabe nosso passado, nosso presente e nosso futuro.
É o Criador. 
Ele pode criar paz, alegria e segurança na vida de todas as famílias. 

sábado, 6 de agosto de 2016

Deus conosco

"(...)E chamá-lo-ão pelo nome de Emanuel, que traduzido é: Deus conosco." Mateus 1:23


Li no guia de estudos da Bíblia uma história em que um homem pede que seja chamado para visitá-lo no hospital o diácono de sua igreja, manifestando que não queria morrer sem apertar mais uma vez a mão de Jesus. Ele se referia ao fato de que, todo o mês quando esse ancião visitava a igreja, o diácono lhe apertava a mão e ele sentia este gesto de acolhida na igreja como se fosse a acolhida do próprio Senhor Jesus.
Essa história reviveu em minha mente no momento em que, no ensaio de ontem à noite, um homem que vive nas ruas, agasalhado por um lençol à guisa de manto sobre a roupa entrou na igreja e ficou assistindo depois de nos cumprimentar a todos. Depois de algum tempo, pediu emprestado o violão de
meu marido, que pediu autorização ao maestro para interromper o ensaio. Então, o pedinte tocou uma pequena música sobre amor e depois se retirou, desejando-nos bom ensaio.

Ao andar pela terra, Jesus foi criticado por estar na companhia de funcionários chamados publicanos que tinham a fama de serem corruptos e que trabalhavam para os inimigos dos judeus, os romanos, e também por andar com pecadores, que eram as pessoas não aceitas pela sociedade da época, isto é, Jesus andava misturado com as pessoas e em muitas delas inspirou a mudança que iluminou essas vidas.
Como cristãos, somos o sal da terra e a luz do mundo. Esse tempero do bem e essa luz que ilumina o caminho deve chegar a todos. Que bom para o cristão pensar que pode representar a Cristo para as pessoas. Que assim seja em nossas vidas.
 

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Os diligentes

"A alma do preguiçoso deseja e coisa nenhuma alcança, mas a alma dos diligentes se farta." Provérbios 13:4

Vejam como a Bíblia nos oferece bons conselhos. Este serve para os meninos, para os jovens e para os adultos.
Hoje acompanhei meu neto até um lindo prédio, na área central da cidade,  para o primeiro dia de  estágio, a fim de desenvolver habilidades necessárias ao trabalho. Essa experiência o deixou muito feliz. A oportunidade de trabalhar existe desde o Éden, pois o primeiro casal humano tinha o dever de cuidar daquele jardim. 
O trabalho também é inerente à vida do estudante. Aquele que se esforça em  ler, pesquisar, exercitar-se na prática de exercícios das diversas disciplinas certamente terá êxito na escola, nos vestibulares, nos concursos, na vida profissional e até mesmo no estudo da Palavra de Deus.
Para aquele que não se esforça haverá pouca possibilidade de êxito, mas a diligência traz realização e alegria. 



sábado, 23 de julho de 2016

Tudo vem de ti

"Mas quem sou eu, e quem é o meu povo para que pudéssemos contribuir tão generosamente como fizemos? Tudo vem de ti, e nós apenas te demos o que vem das tuas mãos." I Crônicas 29:14

No texto  para reflexão que li na última semana, a autora comentava sobre medalhas. Imaginava alguém que, na juventude, ganhou uma linda medalha numa competição esportiva e ficou tão feliz que a colocou numa moldura e a fixou na parede. Essa pessoa, depois de algum tempo, casa-se, tem filhos e uma das crianças pergunta um dia o significado da medalha. A pessoa diz então que já se passou muito tempo e não lembra mais do feito, mas que ama vê-la todos os dias.
Uma medalha vale pelo significado, é claro.
A comparação feita foi com nosso olhar para aquilo que recebemos - nossos talentos, nossos bens, nossos resultados acadêmicos ... Muitas vezes, ao olharmos os presentes que recebemos dos céus não lembramos do Senhor, que nos  enviou esses dons. Atribuímos cada vitória a nós próprios e nossas capacidades. 
"Ficamos tão concentrados nas coisas boas que acontecem em nossa vida que corremos o risco de deixar de lado o Senhor que nos deu todas elas."
Lembrar do Autor e Doador das bênçãos deve ser nosso cuidado a cada dia.


Fonte: Nascimento, Cecília E. Inspiração Juvenil - De olho no prêmio, CPB, Tatuí,  SP, 2016.


 

sábado, 16 de julho de 2016

Descanso


"O que nascer de si mesmo da tua sega não colherás; e as uvas da tua separação não vindimarás; ano de descanso será para a terra." Levítico 25:5

A terra, para os hebreus antigos, deveria ter um ano de descanso a cada sete anos, ficando sem cultivo e sem colheita por um ano. Está realmente provado que os seres vivos e também a terra necessitam de descanso. 
Já imaginaram se não parássemos nunca? 
Além dos dez mandamentos, a Bíblia traz muitas outras. Vemos ao examiná-las que não são apenas particularidades culturais dos hebreus mas orientação de Deus para uma vida melhor.
Além do ano de descanso para a terra, havia o ano do jubileu, de 50 em 50 anos, em que as propriedades que houvessem sido vendidas retornavam ao antigo proprietário, as dívidas eram perdoadas e os escravos tornavam-se livres.
Essa era uma oportunidade de distribuição de renda, para que os bens não se concentrassem em uma pequena parte da população.
Ao ler a Bíblia, encontramos muitos princípios para convivência sadia, vida sadia, respeito ao meio ambiente. Leiamos a Palavra! 

   
 

domingo, 10 de julho de 2016

Graças




"Louvarei o nome de Deus com um cântico, e engrandecê-lo-ei com ação de graças." Salmos 69:30 

 Um aniversário é motivo para darmos muitas graças a Deus pelo dom da vida.
Nosso Criador nos guia através dos anos, livrando-nos dos perigos e nos premiando com bênçãos incontáveis.
Sejamos gratos ao Senhor a cada manhã e, especialmente, na manhã de nosso aniversário!


Este vídeo lembra Gratidão, através de um hino de louvor. 

sábado, 2 de julho de 2016

Testemunho

"Porque não vos demos a conhecer o poder e a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo segundo fábulas engenhosamente inventadas, mas nós mesmos fomos testemunhas oculares da sua majestade, pois ele recebeu, da parte de Deus Pai, honra e glória, quando pela Glória Excelsa lhe foi enviada a seguinte voz: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo." II Pedro 1: 16 e 17

Consta nos Evangelhos a narrativa da ocasião em que Cristo levou três discípulos ao monte para orar, momento em que eles testemunharam uma antecipação do Céu, contemplando a visão gloriosa de Jesus e  ouvindo a declaração de Sua condição de Filho de Deus, declarada pela voz do Pai. Ali viram também os antigos profetas Moisés e Elias, representando aqueles que serão ressuscitados na volta do Senhor e aqueles que serão trasladados. 
Pedro foi um dos discípulos escolhidos para presenciar esta visão  e ficou tão extasiado que sugeriu, de forma inadequada, a construção de três tendas para ali ficarem Jesus, Moisés e Elias, talvez pensando em eternizar aquele momento.
Mais tarde, mais próximo da morte como mártir - que havia também sido profetizada por Jesus, Pedro mostra aos cristãos daquele primeiro século e também aos cristãos de todos os séculos a crença na segunda vinda de Jesus e declara-se testemunha ocular daquilo de que fala.
Na realidade, o apóstolo havia entendido que o acontecimento miraculoso da transfiguração era uma antecipação da glória de Jesus que veremos por ocasião da Sua vinda em poder, conforme a Promessa.