segunda-feira, 24 de julho de 2017

O barro e o Oleiro

"Mas agora, ó Senhor, tu és nosso Pai, nós somos o barro, e tu, o nosso oleiro; e todos nós, obra das tuas mãos." Isaías 64:8
Quando o teólogo pastor Adolfo Soares esteve em visita à minha igreja, mencionou que escrevera um guia para leitura da Bíblia, no qual mostrava três perguntas básicas para leitura da Bíblia: o que Deus me diz?, o que Deus faz por mim?, o que Deus quer que eu faça?
Os capítulos indicados para leitura ontem, dia do falecimento de minha mãe, e hoje, são Isaías 64 e 65, que mostram a oração de Isaías pelo povo de Israel e a resposta de Deus.
Do capítulo 64 é a mensagem do versículo acima. Realmente somos apenas barro e nosso Criador nos moldou e molda hoje e soprou no barro o fôlego da vida. "Ele guardará a tua alma (vida)" - diz o Salmo 121. Ainda, Deus diz que "todos nós murchamos como a folha" (Isaías 64:6)
O capítulo de hoje, que mostra a resposta de Deus a Isaías, traz lindas promessas de esperança, ao falar dos justos na terra renovada, como: "Pois eis que eu crio novos céus e nova terra; e não haverá lembrança de coisas passadas, jamais haverá memória delas." Isaías 65:17 Creio que um dia a terra será renovada e viveremos na Nova Terra eternamente com o Senhor. 
Isso o que Deus disse nas leituras de ontem e hoje.
O que Ele pode fazer por mim: "... os meus servos cantarão por terem o coração alegre..." Isaías 65:14 Ele pode nos restituir a alegria através das promessas.
O que Ele quer que eu faça: Ele quer que pertença ao povo do Senhor e O sirva: "..os meus eleitos herdarão a terra e os meus servos habitarão nela." Isaías 65:9

terça-feira, 18 de julho de 2017

Salvação e louvor

"Nunca mais se ouvirá de violência na tua terra, de desolação ou ruínas, nos teus limites;mas aos teus muros chamarás Salvação, e às tuas portas, Louvor." Isaías 60:18

Estou lendo um capítulo por dia do livro de Isaías, neste mês. Isaías é um profeta não só para o povo de Israel mas traz promessas para todos nós hoje.
A promessa do versículo acima nos lembra que nosso Deus renovará a terra e habitará na Nova Jerusalém com o seu povo, que é de todas as nações.
Na Bíblia, há muitas vezes a profecia de que Jesus voltará e de que os reinos do mundo passarão - como vários passaram, desde a Antiguidade, mas que o Reino que vem - o Reino de Deus, que será estabelecido um dia  - não passará.
Hoje os noticiários falam de violência e de atentados, que deixam desolação e ruínas, então esta promessa diz muito a nós. 
Enquanto vivermos neste velho planeta teremos muitas vezes essas notícias de destruição, porém na Nova Terra que Deus promete haverá paz e só serão proclamados o Louvor a Deus e a Sua Salvação. 
Podemos esperar em Deus e em Suas promessas. O Senhor é fiel e as cumprirá, como têm sido cumpridas as profecias.

sábado, 8 de julho de 2017

Cristãos de longe

"Então, prendendo-o, o levaram e o introduziram na casa do sumo sacerdote. Pedro seguia de longe." Lucas 22:54

O que seria seguir a Jesus de longe? Pedro seguia a Jesus de longe enquanto o Mestre era levado para a morte. Em lugar de estar junto com os outros discípulos, estava junto com os inimigos de Jesus.
Por três vezes disse que não era dos seguidores do Senhor e então o galo cantou, Pedro encontrou os olhos de Jesus e lembrou-se do que Ele profetizara.
Nós, os modernos seguidores, estamos seguindo Jesus de perto? Ou estamos nos misturando a grupos longe dEle e querendo a aceitação desses grupos?
Estar longe significa estar-se afastando do Caminho do Evangelho. 
Cristo nos quer perto dele. Seu caminho é de Paz e Alegria, não obstante haja tribulações, e é também um caminho de obediência.
Pedro mais tarde arrependeu-se e voltou a estar perto de Jesus. Fiquemos nós também junto a Cristo.

 

sábado, 1 de julho de 2017

O trabalho de Deus

"Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os ohos se viu Deus além de ti, que trabalha para aquele que nele espera." Isaías 64:40

O pastor que foi orador no dia de hoje chamou-nos a atenção para alguns milagres revelados na Palavra e perguntou: Foi Moisés que que abriu o Mar Vermelho ou Josué, ou Elias ou Eliseu que abriram passagem pelo Jordão?
Ele nos recordava de episódios bíblicos em que profetas estiveram presentes em acontecimentos milagrosos, como a travessia do Mar Vermelho pelos israelitas quando fugiam dos egípcios ou quando, já chegando na terra prometida, atravessaram o Jordão, já sob a liderança de Moisés e de quando Elias, próximo a ser trasladado, atendendo à ordem divina atravessando o mesmo rio depois de tocá-lo com o manto, feito igualado na volta pelo seu sucessor Eliseu, que o acompanhara na jornada.
Questionando nossa própria vida, podemos achar pequenas travessias do mar ou de um rio caudaloso em nossa vida. Como os anos que atravessamos aqui em casa sem poder visitar duas crianças de nossa família. Quando as portas das visitas se abriram, fomos nós que as abrimos? E quando as enfermidades graves foram vencidas, quem nos sarou?
Há muitas vitórias milagrosas em nosso passado, se soubermos reconhecê-las e, por certo, podemos atribuí-las a nosso Deus. Como o trabalho de Deus atuou em sua vida? Pergunte-se e exerça também sua gratidão!