segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Árvores

"Porque com alegria saireis, e em paz sereis guiados; os montes e os outeiros romperão em cântico diante de vós, e todas as árvores do campo baterão palmas." Isaías 55:12

Ontem foi o Dia da árvore. Lembrei disso quando abri a internet e vi a mensagem de uma amiga.

As árvores purificam o planeta e renovam o oxigênio. Além disso tornam o calor mais suportável oferecendo sombra. Todas as semanas, aproveito a sombra de algumas árvores no estacionamento da escola de música em que meu neto e meu esposo estudam para ficar dentro do carro lendo uma revista com informações ou assistindo a um DVD de música.
Já andei também por alamedas de árvores em parques ecológicos. É muito agradável visitar a mata, andando sobre trilhas, muitas vezes recobertas de madeira.
Entretanto, mesmo as árvores são afetadas pelo pecado e não duram para sempre, suas folhas também murcham e caem no inverno.
Com certeza, o profeta se referia à Nova Terra, quando a paz e alegria serão eternas e a natureza, com árvores para sempre cheias de verde e de folhagem, associar-se-ão ao nosso regozijo.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Paz

"Misericórdia, e paz, e amor vos sejam multiplicados." Judas 1:2
A saudação mencionando a paz de Cristo é utilizada desde o início do cristianismo.
O mundo em que vivemos pede que oremos sempre pela paz. Precisamos de paz em todos os aspectos de nossa vida para que prossigamos tranquilos para nossos objetivos e para nosso alvo final, com Deus.
O que muitas pessoas desejam mais é poder viver harmoniosamente com suas famílias, desempenhar suas atividades com tranquilidade, ter uma vizinhança calma, dormir bem e despreocupadamente.
Que o Senhor Deus te dê a paz, leitor. Estarei orando por você!

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Florescerá


"Abundantemente florescerá, e também jubilará de alegria e cantará; a glória do Líbano se lhe deu, a excelência do Carmelo e Sarom; eles verão a glória do Senhor, o esplendor do nosso Deus." Isaías 35:2

O início de setembro nos lembra a estação das flores que logo se inicia no hemisfério sul.
O versículo de Isaías, um dos profetas chamados maiores, devido à extensão de seus textos, menciona o tempo em que teremos sempre abundantes flores e também abundante alegria.

Será um tempo em que as flores não murcharão e em que a alegria não passará.
Estaremos para sempre com nosso Deus e poderemos contemplar seu esplendor na Nova Terra.
Podemos antecipar aqui este reino. Cristo nos deixou nesta terra o reino da Sua graça. A graça de Cristo, embora estejamos num mundo em que as flores não nascem em todas as estações, nos provê alegria e paz que permanecem quando temos a presença do Senhor em nossas vidas.


sábado, 30 de agosto de 2014

Como irmão caríssimo

"Não como escravo; antes, muito acima de escravo, como irmão caríssimo, especialmente de mim e, com maior razão, de ti, quer na carne, quer no Senhor." Filemon 16

O apóstolo Paulo escreveu uma carta a seu amigo Filemom, pedindo-lhe que recebesse de volta, e como a um irmão, a Onésimo, antigo escravo que havia fugido da casa de Filemom.
À época era praticada a escravatura - alguns se achavam no direito de escravizar seus semelhantes. Paulo não prega abertamente contra a escravatura, mas pede que Onésimo seja recebido como irmão querido. Subentende-se que Paulo pede que não seja aplicado castigo ao escravo fugitivo mas que lhe seja concedido perdão e que passe a ser considerado como irmão em Cristo.
Ao observarmos a forma como os homens muitas vezes depreciam seu semelhante, é bom lembrar que Cristo ensinou que devemos tratar todas as pessoas como iguais, sendo todas criaturas de Deus.
Todas são chamadas por Cristo para a salvação. No evangelho, todos são irmãos.

sábado, 23 de agosto de 2014

Não se preocupem

"Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam e orem sempre com o coração agradecido. E a paz de Deus, que ninguém pode entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus." Filipenses 4:6,7

É difícil não se preocupar. Temos dificuldades de toda a ordem em nossa vida. Mas o versículo de Filipenses nos mostra como resolver nossas ansiedades. 
Em lugar de nos preocuparmos, vamos pedir a Deus que tome conta de nossa vida e que nos dê aquilo de que precisamos e vamos ser agradecidos a Deus. 
Sempre temos algo por que agradecer e mesmo antecipadamente podemos agradecer a Deus pelo Seu cuidado por nós. 
Ninguém pode entender a paz que podemos ter no coração mesmo em meio às aflições se confiarmos nossas aflições a Deus. Temos um único e fiel intercessor: Cristo Jesus. Ele conhece todas as nossas aflições e pode interceder por nós e ao mesmo tempo conceder-nos a Sua Paz.


quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Portas adentro

"Oh! Quando virás ter comigo? Portas a dentro, em minha casa, terei coração sincero." Salmos 101:2

Em Apocalipse, o apóstolo João expressa as palavras de Jesus: "Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo." Apocalipse 3:20
A porta é nossa consciência, muitas vezes denominada "coração" na Bíblia. Só nós podemos abrir um espaço em nossa consciência para os princípios de Jesus, da justiça, misericórdia, amor.
Se abrirmos a porta, se decidirmos colocar o exemplo de Jesus em nossa vida, o próprio Jesus entrará e habitará em nós. Receberemos o Rei eterno,  o Rei ceará conosco. Poderemos falar a Ele de nossas angústias e Ele nos ouvirá e responderá prontamente.
Que honra e que privilégio será maior para um cidadão do Reino de Deus?

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

O Pai Celestial

"Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?" Mateus 6:26
Neste fim de semana, na minha igreja, os pais foram homenageados em razão de seu dia comemorativo. Vários pais foram chamados à frente para resumir em uma palavra o que é ser pai. Citaram palavras como "responsabilidade", "companheirismo", "carinho". O último pai a falar lembrou de nosso Pai Celestial, que mostra seu cuidado e amor infinito por todos nós.
É bom que nos tornemos como as aves do céu, como os seres da natureza que não se preocupam, que não acumulam ansiedades, que desfrutam tranquilamente do descanso e do alimento que recebem.
Os seres humanos podem também descansar neste amor, que envolve a todos no mesmo abraço.
Os pais humanos deixam de preocupar-se com o dia de amanhã, no fim de um dia em que cumpriram penosamente com sua parte, quando sabem que nos braços do Senhor todos estão confortados, em paz, sem ansiedade.
Nosso Pai Celestial é o Mestre que multiplicou o pouco e dividiu para multidões. É Aquele que sabe nosso passado, nosso presente e nosso futuro.
É o Criador. 
Ele pode criar paz, alegria e segurança na vida de todas as famílias.