segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Redes diferentes






"Pois debalde se estende a rede à vista de qualquer ave." Provérbios 1:17



A Bíblia traz ensinamentos em diversas áreas e o deste provérbio se refere à área dos relacionamentos humanos. Assim como não se caçam todas as aves com a mesma rede ou não se pescam todos os peixes com o mesmo tipo de isca ou de equipamento, todas as pessoas não são alcançadas da mesma forma. Nós pais podemos observar isso com nossos filhos ou  netos. Cada um deles tem uma forma de responder a nossos gestos e palavras. Alguns são mais sensíveis, alguns são mais introspectivos, alguns são mais carinhosos ... 
Assim, é necessário ser bastante cuidadoso em tratar cada pessoa de forma a que nossos relacionamentos sejam agradáveis e harmoniosos.
Outro ensinamento que traz este provérbio é sobre a educação moral que devemos passar aos jovens, pois os versículos anteriores alertam sobre a forma com que os perversos chamam as pessoas para seguirem os seus maus caminhos. O autor aconselha, no verso 8:"  "Filho meu, ouve o ensino de teu pai e não deixes a instrução de tua mãe."
Após a advertência sobre as tentações, então se segue o versículo acima: "Pois debalde se estende a rede à vista de qualquer ave."
Ao ouvir os chamados para os maus caminhos, se o jovem lembrar-se  da formação que recebeu para se manter no caminho do bem, será mais forte para resistir à rede do mal.
Recebi este versículo como reflexão no dia de hoje, passado por um membro do grupo de minha família. Apreciei aprendê-lo, por mostrar que Deus se importa em nos mostrar como nos relacionarmos melhor com as outras pessoas para sermos felizes, em como educarmos nossos filhos, em como lembrar das instruções dos pais. São ensinamentos preciosos. 


6 comentários:

  1. Los hijos como bien apunta, no todos son iguales, aún habiendo recibido la misma educación, pero es misión de los padres quererlos y tratarlos por igual asumiendo sus diferencias. El amor suaviza muchas asperezas.
    Un abrazo amiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezada Sor. Cecilia,
      obrigada por sua visita e comentário.
      Um abraço fraterno.

      Excluir
  2. Oi Celina

    Meu marido costuma dizer que há pessoas que precisamos usar mais sal outra menos sal. Não somos todos iguais Deus nos fez assim com temperamentos diferentes e temos que aprender com a diferença do outro respeitando sempre.

    Beijão pra vc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por sua visita e comentário com sabedoria.

      Excluir
  3. Oi Celina
    Linda reflexão, como é bom compartilhar a Palavra de Deus. Bjs querida.

    ResponderExcluir
  4. Ei,Celina!
    Bom dia e paz!
    Tudo bem com você?!Espero que sim.
    Que texto mais interessante,menina.
    Entendi que você quis dizer que existe uma maneira certa para lidarmos com cada tipo de pessoa,não é mesmo?Sabe,eu sempre vou com jeitinho.Tenho pedido a Deus que eleve minha humanidade.Ser uma pessoa cheia do Espírito é fantástico e também é o que todo cristão deve ser,mas ser uma pessoa de humanidade elevada é essencial,pois antes de uma pessoa tocar no Cristo que amamos e servimos ela toca primeira na nossa pessoa,ela toca no que somos.Por isso é importante ter a humanidade elevada.Vamos seguir pelo caminho do amor que certamente dará certo.Se em nós existir amor conheceremos melhor as pessoas que estamos tentando conquistar ou ajudar.O AMOR É PACIENTE,É BENIGNO...Com paciência e bondade conseguimos tocar em todos os corações.
    Abraços,florzinha!

    ResponderExcluir